domingo, 30 de agosto de 2009

MP 38, MP 38/40 e MP 40

MP 38.

Quando a MP 38 foi produzida pela primeira vez em 1938 ela revolucionou os projetos de armas conhecidos por causa do método de produção empregado nela. Ela utilizava simples estampagens de metal e plástico ao invés de madeira. A MP 38 era uma arma que preenchia a necessidade de uma arma de produção em massa para o exército. Era simples, barata e funcionava quando o dever chamava. O corpo era produzido com lâminas estampadas de metal, estampas que podiam ser feitas em qualquer oficina exigindo o mínimo de trabalho com máquinas. A maioria das armas eram deixadas apenas na superfície de metal mesmo, enquanto que outras recebiam uma pintura. Após o impacto causado pela MP 38 cada vez mais armas adotaram técnicas similares de produção em massa.


A MP 38 era bastante ortodoxa em seu funcionamento com seu sistema de alimentação, sistema de recuo e pente na vertical. Havia uma abertura do lado esquerdo em que poeira e sujeira podiam entrar, mas apesar disso, a MP 38 podia aguentar uma grande quantidade de detritos até parar de funcionar. Após entrar em ação em 1939, um problema da MP 38 foi descoberto. Caso a arma fosse danificada ela podia disparar sozinha. Esse problema causou diversos acidentes até a arma ser modificada. Essa última versão passou a ser chamada de MP 38/40.


Durante 1940 a produção da MP 38 ficou mais simples utilizando ainda mais folhas de metal e processos mais simples de manufatura. Essa nova versão foi batizada de MP 40. Para o soldado, era pouco diferente da MP 38/40 mas para a economia alemã era uma grande vantagem. A MP 40 foi entregue aos milhares para as tropas em campo e provou ser popular até entre os Aliados que sempre que podiam utilizavam as armas capturadas. A maior mudança que ocorreu na MP 40 foi a introdução de um pente duplo que ficou conhecido como MP 40/2 mas não fez sucesso e foi pouco utilizada. A MP 40 ainda pode ser encontrada em estranhos cantos do mundo, especialmente com guerrilheiros. Essa arma era também conhecida como Schmeisser, mas de onde esse nome veio não se sabe.

Especificações da MP 40

Calibre: 9mm
Comprimento: 833mm
Comprimento do cano: 251mm
Peso: 4,7kg
Pente: 32 cartuchos
Velocidade inicial do projétil: 365m/s

2 comentários:

Márcio disse...

Schmeisser era o nome do engenheiro/projetista Alemão que concebeu esta arma.Ele foi capturado pelos soviétes no final da segunda grande guerra.Sua vida até 1952 é uma incognita, mas ele possivelmente produziu o fúzil de assalto mais famoso do mundo, o AK47!Seu nome não foi revelado para dar aos soviétes o mérito de tê-lo feito...

Anônimo disse...

Na verdade Schmeisser foi o engenheiro da MP41,ele não teve nada a ver com a progeção da MP41